Na segunda metade do século XVIII iniciou-se a instalação de faróis no litoral vizinho de Lisboa, auxiliando o tráfego marítimo costeiro e garantindo a segurança dos navios, nomeadamente na entrada da barra do Tejo. Foi, pois, nesse contexto que em 1772 se ergueu o farol do Cabo da Roca.

Este possui diversos anexos térreos e uma torre quadrangular de 22 metros de altura e que se encontra integralmente revestida com azulejos brancos. Em 1843 foi integralmente reformado, apresentando hoje o prospeto dessa intervenção, designadamente o forro de alguns panos com azulejos castanhos e a inserção de platibandas.

Ir para o topo