Nos dias 2 e 3 de julho, Sintra acolheu a Assembleia Geral da Aliança das Paisagens Culturais Património Mundial, associação de que é associada fundadora.

Durante estes dois dias, no Palácio de Monserrate, e com a presença das Paisagens Culturais de Aranjuez, Eivissa, Elche (Palmeiral), Alhambra e Generalife, Las Médulas e Mallorca (Serra de Tramuntana) foram renovados os compromissos que presidiram à criação desta importante associação, avaliado o futuro da organização e dos objectivos de alargamento da sua intervenção.

Em assembleia geral foi discutido o aprofundamento da cooperação entre Sítios Património Mundial com características idênticas e classificados nas mesmas categorias pela UNESCO e projectado o desafio de alargamento a outros Sítios fora da península ibérica. As formas de gestão e governância destes Sítios estiveram também em debate no segundo dia de trabalho com apresentação técnica de trabalhos na gestão do património mundial com características alargadas a grandes territórios diversificados como são as Paisagens Culturais. Partilha de conhecimento, desenvolvimento de estratégias e iniciativas comuns de âmbito local, nacional e internacional, acesso a programas financeiros para a investigação, educação, formação académica e profissional e ainda a promoção da participação dos cidadãos na preservação e divulgação da identidade local.

A eventual alteração de estatutos e a promoção de um plano estratégico motivarão nova assembleia entre Setembro e Outubro próximos, tendo ficado firmado o compromisso entre os associados de renovação dos objectivos da associação e implementação de uma intensa ligação entre os actuais e futuros membros da Aliança das Paisagens Culturais.

Ir para o topo