O 5º Encontro Nacional de Centros e Clubes UNESCO realizou-se no Museu Arqueológico de São Miguel Odrinhas, nos dias 15 e 16 de setembro, com o objetivo de promover a UNESCO e os seus programas, contribuir para a formação cívica e democrática dos seus membros e favorecer o diálogo entre os povos.

Durante dois dias, os centros e clubes terão oportunidade de apresentar as suas atividades nas mais variadas áreas: património mundial, património material e imaterial, arquitetura e artes religiosas, educação artística e cultural, biodiversidade, desenvolvimento sustentável, diálogo entre gerações, juventude, inclusão ou direitos humanos.

Os Centros e Clubes UNESCO são grupos de pessoas (associações sem fins lucrativos, ONG, universidades, fundações, círculos culturais e sociais), de todas as idades, horizontes e condições, que se revêem nos ideais desta agência especializada do sistema das Nações Unidas e desejam juntar-se à organização e apoiá-la na sua missão.

A rede portuguesa é coordenada pela Comissão Nacional da UNESCO e reúne-se anualmente com o objetivo de dar a conhecer as suas áreas de intervenção, projetos e atividades, partilhar ideias e reflexões.

Recorde-se que Sintra conta com um Centro UNESCO desde 2015, e que veio juntar-se aos mais de 4000 já existentes em todo o mundo, tendo sido o 41º primeiro em solo nacional.

O encontro decorre num dos museus europeus mais representativos na sua área. O Museu Arqueológico de São Miguel Odrinhasremonta, nas suas origens, a meados do século XVI. Nessa época e por iniciativa de alguns eruditos, entre os quais se terá destacado Francisco d´Ollanda, começou a juntar-se, em torno da ermida local, uma importante coleção de inscrições romanas oriundas dos campos e aldeias circundantes.

Hoje a coleção lapidar atinge mais de 400 peças, às quais vêm somar-se muitas outras - largos milhares - de diversas tipologias, entre moedas, objetos cerâmicos, líticos, metálicos ou osteológicos, promovendo ainda exposições temporárias de forma regular.

A sessão de abertura do 5º Encontro Nacional de Centros e Clubes UNESCO contou com o presidente da Câmara de Sintra, Basílio Horta, e a secretária executiva da Comissão Nacional da UNESCO, Rita Brasil de Brito.

Ir para o topo